Arquivo | Ideias RSS feed for this section

Total white!

1 ago

Branco total! Taí uma tendêncinha que eu curti.

Acho lindo, acho chique! E o melhor é que dá pra gente se jogar na tendência sem ter que, necessariamente, sair por aí fazendo a louca do cartão de crédito. Pare um minutinho e pense em quantas peças brancas você já tem no seu armário. Bastante, né? Então é só juntar as peças e ser feliz.. 😉

Já faz um tempo que os looks total white têm aparecido nos desfiles nacionais e internacionais, estampado capas de revistas ao redor do mundo e vestido celebridades nos red carpets da vida.

Só a coleção Spring 2011 apresentada em Milão por Dolce & Gabbana já rendeu pauta pra revistas e celebrities de meio mundo e foi desfilada à exaustão por aí. Quer ver?

Nas passarelas daqui o movimento em prol das roupas alvas como a neve foi reforçado por muita gente. Maria Bonita, Colcci, Iódice, Cori e Animale – que já há duas coleções apóia o branco total – aderiram à idéia e deram frescor às passarelas das semanas de moda brasileiras.


A Vogue Brasil de Junho também estampou na capa a tendência em look todo Animale. Olha só:


Quase todos os looks mostrados nos desfiles também apostam nos acessórios brancos ou em tons neutros como o cinza. O prata também deu as caras por aí e acho que fica bem legal essa combinação, mas, na minha opinião, o jeito mais legal de usar essa new trend é combiná-la aos acessórios em cores fortes. Acho que fica mais alegre e adiciona criatividade ao look. Color blocking nos sapatos e nas bolsas é uma ótima pedida. Acessórios mais artesanais, como bolsas com detalhes em cestaria (como mostrei aqui e aqui) e sapatos com plataforma de corda também ficam super charmosos. Além disso, vale apostar nas animal prints, principalmente a de cobra que começou a bombar agora que todo mundo já enjoou da oncinha. Não se esqueça dos colares, pulseiras e brincos, eles conseguem acabar com a monotonia de qualquer lookzinho mais ou menos.
Vamos combinar?

Qual combinação vocês mais gostam?
Beijossss

* UPDATE:

Senti necessidade de escrever mais um PS aqui, gente!
Sei que muitas meninas trabalham na área da saúde e TEM que vestir branco todos os dias. Mas, uma alternativa para aquelas que ainda não enjoaram da cor e querem usar a tendência de qualquer jeito é apostar em tecidos nobres como seda, cetim, renda, linho, chifon, que normalmente não são usados no dia-a-dia pelos hospitais e consultórios da vida, dessa forma, é legal apostar também em vestidos e saias, peças com corte de alfaiataria, e definitivamente,  fugir do combo jeans branco + blusinha branca de todo dia. Escolher peças mais chiques e classudas faz você se diferenciar do seu “uniforme de trabalho” e pode até mesmo te levar a curtir essa onda total white.

Para aquelas que acham a tendência muito #anonovofeelings, eu digo: Qual o problema? Tentar sair da sua zona de conforto é um ótimo exercício fashion, e testando uma coisa aqui, outra ali, a gente vai descobrindo do que realmente gosta e do que não gosta de jeito nenhum. Nesse ano, mude os seus hábitos. Use branco no dia-a-dia, e no reveillon.. aposte no COLOR BLOCKING!

Beijinhos

Anúncios

Os vestidos de Mila Kunis

29 jul

A atriz Mila Kunis tá dando um giro pelo mundo pra divulgar seu último filme, “Friends with benefits”, ao lado de Justin Timberlake.

Eu sou fãzassa dela desde os tempos remotos de “That´s 70´s show”, e acho que ela é incrívelmente LINDA e que merece ter um post todinho seu por aqui!

Gostei muito dos vestidos que ela escolheu pra perambular por aí divulgando o filme. Admiro esse jeito effortless chic de se arrumar sem parecer que levou horas e horas pra ficar tão linda. Cabelos quase sempre soltos, poucos acessórios e makes mais naturais foram sua marca registrada nas aparições públicas até agora.

Vamos dar um look e nos inspirar?

Comecei pelo que eu mais gostei, tá? Vestido Lanvin da coleção Fall 2011 + pumps Salvatore Ferragamo. Gente, o que significa a cor desse vestido? Um rosê brilhante com um quê de rosa antigo. Achei muito digno, inclusive o ton-sur-ton criado com o sapato marrom com um fundo meio vinho. Incrível! Maravilhosa!

Meu segundo look preferido foi na verdade do top top top estilista que tem a maior cadeira cativa no meu coração. Me desculpem, mas ninguém faz vestidos como ele, o mestre libanês da alta-costura: Elie Saab (te amo!).
Aqui, Mila usa sapatos e vestido Elie Saab Fall 2011 Haute Couture, igualzinho como foi apresentado no desfile, e apesar de eu não ser lá muito fã de sapatos brancos (mesmo ele tendo pipocado passarelas importantes mundo afora), achei que ela está lindíssima por completo. Também adorei a make e o cabelo com cara de fada.

Mila Kunis embarcou forte na tendência total white, e, dessa vez, apareceu com um vestido branco da Louis Vuitton Resort 2012 collection, que ela mesclou com pumps Lanvin em tons de azul e verde. Simples e chique!

E agora dobradinha de vestidos vermelhos:
O primeiro é um Lanvin da coleção resort 2012. Confesso que esperava um pouco mais, achei sem graça. Esse comprimento não é pra qualquer uma, é difícil, achata e GRITAVA desesperadamente por um sapato nude que ajudasse a alongar e afinar a silhueta. O fato de ele ser todo colado ao corpo, dá um charme sexy ao modelo, que, na minha opinião combinaria super com um cabelo com ondas à la old hollywood.

Aqui, dona Mila Kunis acertou em cheio com o pump nude que deveria ter sido usado no look anterior. O vestido é Versace e os sapatos, Jimmy Choo. Confesso que também esperava um pouco mais de emoção no vestido/sapato/cabelo.

Esses dois últimos looks são um tanto monótonos, mas não importa! Ela é linda, chique, talentosa, e depois de esmagar a concorrência no red carpet do Oscar com esse Elie Saab lavanda perfeito, ela tem licença fashionística pra fazer o que quiser. Tem todo o meu aval. ;*

Indico: coleção Surf, baby! da MAC

27 jul

Desde que fiquei sabendo sobre o lançamento da coleção Surf, baby! da MAC, fiquei doida! Saí correndo pela casa com o computador na mão pra mostrar pro maridón o quanto era linda e “minha cara” essa coleção. Hahaha! Sério!

À primeira vista, sinceramente, o que mais chamou nossa atenção foi:

Que susto! Erraram na escolha da modelete branco paRmito, gente! Hahaha! Será que eles não podiam ter passado quilos e quilos de bronzer na menina e eliminado esse olhar de morta-viva? Dispenso!

Nada contra meninas com pele mais branquinha, hein? Eu mesma sou adepta do bom e velho blush bronzeador de todo dia pra chegar no tom de pele que eu curto. Mas, em se tratando de uma coleção que tem como tema o surfe e o life style dessa galera que vive na praia, nada mais lógico do que ter uma campanha mais coesa com isso, né? Faltou alguém com a pegada de uma surfista californiana, sabe? Bronzeada, cabelo com mechas em degradê e pontas quase brancas… adoro! Quanto aos meninos, eliminando o headband do mocinho moreno da direita, está tudo bem. Hahaha!

Bom, eu simplesmente achei a coleção maravilhosa! Normalmente, essas coleções limitadas não me pegam de jeito e eu acabo olhando tudo, achando tudo lindo, mas nada faz meu coração acelerar. Mas com a Surf, baby não. Com ela foi diferente! A gente se conheceu, se olhou, rolou uma paquera, uma química, vimos que tínhamos muitas coisas em comum e.. pronto, virou amor!
Porque afinal de contas, ela tem tudo a ver comigo. Quem me conhece, sabe bem. Praia, surfe e sol são minhas paixões, não poderia ser diferente..
Com aquela edição “To the Beach” (lembram?) aconteceu a mesma coisa.

Então, mais do que mostrar essa coleção linda, quis fazer esse post pra indicar um produto que eu comprei e tô AMANDO muito!
A coleção ainda vai chegar no Brasil, mas comprei um bronzer no Freeshop, voltando de uma viagem, e tô usando todo dia desde então. Na verdade, foi bem difícil achar os produtos que eu queria, porque a Surf, baby! foi sucesso absoluto e tava tudo esgotado! Consegui comprar o bronzer e foi uma vitória! Olha ele aí:

O nome dele é Solar Riche, e eu achei lindo e excelente por vários motivos.
Lindo, porque ele tem essa embalagem maravilhosa com o desenho de um hibisco e essas faixas imitando um longboard, aquelas pranchas de surfe maiores e mais largas. Além disso, ele vem com um espelhinho, super prático pra vida de qualquer mulher né.

Excelente, porque ficou lindo na minha pele; eu posso usar só pra corar as bochechas, pra fazer os contornos do rosto ou até mesmo pra passar no rosto inteiro. É aquele tipo de bronzer que não te deixa com cara de suja, sabe? Mas, pra mim, o melhor de tudo é o fato de que ele não tem brilho. Pra noite é ok, mas pro dia-a-dia, acho uó quando o sol bate na nossa pele e aquelas micro partículas de glitter ficam mega brilhantes. Lembro do Edward todo purpurinado mostrando pra Bella porque fugia do sol, e essa imagem não me é mto agradável, sabe?

Oi! Tenho brilho próprio!

Além disso, a coleção conta também com batons, lipgloss, sombras, pigmentos, blushes, bronzer em bastão, lápis, rímel, esmaltes e necéssaire. Olha que lindo:


Impossível não querer alguma coisa né?
Do que vocês mais gostaram?
Beijos

Qual é o seu estilo?

26 jul

Quando fiz o curso de Consultoria de Moda, com a incrível Manu Carvalho, uma das aulas de que eu mais gostei foi a de Estilo. Nunca tinha parado pra pensar que esse tema poderia ser tão útil pra mim em tantos aspectos. E tenho certeza de que a maioria das pessoas também não leva essa questão muito a sério, mas acredite: pode te ajudar MUITO.

É super importante considerar que, em pleno século 21, nosso estilo necessariamente vai ser híbrido e englobará vááárias vertentes. Não ache que você vai conseguir se definir em apenas um, porque não vai.

Pense nas diversas funções que você realiza de manhã, à tarde, à noite. No dress code do seu ambiente de trabalho. No que faz nos fins de semana. Nos diferentes locais que frequenta. Pra onde você viaja e quantas vezes o faz. Agora, mentalize o guarda-roupa que você tem que ter pra realizar todas essas atividades. Bem eclético, não?

Além disso, considere também que, numa época em que inúmeras regras foram quebradas e quase tudo é permitido, liberdade é a palavra de ordem: temos possibilidades infinitas.

Hoje, misturar estilos é mais do que natural, é quase uma necessidade.

Tem o hi-lo por aí mostrando pro mundo que é possível e super cool usar e abusar de peças elaboradas e caras, com outras mais simples e menos sofisticadas. Que uma legging, tão esportiva e limitada às academias há tempos atrás, hoje, vai muito bem com chemises e camisões, super clássicos e tradicionais. Que você pode misturar jeans + paetê, e que, melhor ainda, pode usar jeans à noite (Sempre LOW!), e paetê de dia (Sempre HIGH!).

Consegue enxergar o quadro geral disso tudo??

Somos uma mistura incrível de estilos, determinada não apenas pelos nossos gostos e nossa essência, mas também pelo mundo em que vivemos, pela nossa rotina, e até mesmo pela questão aspiracional presente na nossa vida. Porque o que você almeja também norteia o seu estilo. Quer seja mudar de emprego ou arrumar um namorado (safadjénhaaaa!).

Então, levando tudo isso em consideração, um exercício ótimo pra gente fazer é pensar quais estilos a gente mais gosta e usa. Clássico, Casual, Romântico, Minimalista, Maximalista, Sensual, Pop, Moderno, Boho chic, Rocker, Clean, Urbano, Fashionista… Estão todos aí pra gente escolher.

Pense bem, olhe seu guarda-roupa, faça uma lista e analise quais são dominantes. É um exercício fashion, mas é também de auto-conhecimento. E contribui muito pra que a gente enxergue a moda de um jeito mais leve e divertido. Porque saber do que você gosta, os seus limites, o que te deixa bonita, o que combina ou não com você, o que evidencia e valoriza a sua personalidade, são maneiras de nos orientar muito bem na hora de compor looks, de fazer compras, de fugir das peças MEGA dispensáveis das liquidações, de ousar, de aumentar nossa auto-confiança na hora de se vestir… e possibilitam que a gente brinque mais com toda essa mistura de coisas que a gente é.

Porque né, pensa só, a gente TEM que escolher looks TODOS os dias. Ninguém vai sair peladona por aí. Então, por que não tornar essa rotina diária em algo gostoso e divertido?

Furla Candy Bags

19 jul

Desde que vi essas bolsas de plástico colorido circulando pelos blogs gringos, fiquei apaixonada.

A idéia do uso de plástico como matéria-prima não é nova, e a bolsa também não tem nada de original no formato em si, já que é tipo uma cópia do modelo Speedy da Louis Vuitton,  com direito a mini cadeado e tudo.

Mas, ela não poderia estar mais em voga: em tempos de toda essa onda “verde”, qualquer produto que seja feito de material reciclável ou que tenha algum apelo sustentável chama a nossa atenção, não é mesmo? Ponto pra Furla, marca italiana responsável pelas bolsas de plástico em cores de doce.

Olha só que lindas:


E sabe por que eu gosto tanto delas? Porque são super versáteis: podem alegrar qualquer produção de verão ou inverno, são ferramentas ótimas para compor looks em color blocking como já citei aqui, ficam incríveis em looks total black (como fez Betty nas fotos acima) ou total white (tendência forte!).
Aliado a tudo isso, some ainda o fato de que é possível encontrá-las em cores um pouco mais opacas, que não deixam transparecer tuuuudo o que você carrega e pronto: surge uma it-bag. Haha! Legal né?

Mas como eu já disse, essa idéia não é nova, e renomadas marcas gringas há tempos já lançaram as suas bolsas de plástico.

Chanel, Dolce & Gabbana, Prada e MiuMiu (com a estampa de pássaros que foi sucesso absoluto na coleção) são apenas algumas que já investiram nesse material. E repare que nenhuma delas foi feita para ser usada na praia/piscina, pelo contrário, são tote bags, shoulder bags, feitas para o dia-a-dia.

Pra quem gostou das candy bags da Furla, ótima notícia: a marca está presente no aeroporto de Guarulhos, São Paulo, e no shopping Cidade Jardim, também em São Paulo. À procura, girlssss!

%d blogueiros gostam disto: